VOCÊ CONTROLA SUA ROTINA OU ELA TE CONTROLA? COMO O GERENCIAMENTO DE TEMPO PODE ELEVAR OU DESTRUIR SUA PRODUTIVIDADE.

O efetivo gerenciamento de tempo não é uma tarefa das mais fáceis.

Mesmo as pessoas mais organizadas já se pegaram querendo que o dia tivesse mais do que apenas 24 horas.

Mas como você já sabe, o tempo é uma constante e não pode ser moldado às nossas necessidades.

Entretanto você pode sim escolher bem o que vai fazer com o tempo que tem à sua disposição.

Primeiro, esqueça de uma vez por todas o maior mito da produtividade: estar sempre ocupado(a) não significa ser uma pessoa produtiva ou que sabe fazer gerenciamento de tempo.

Você pode estar apenas matando tempo com atividades que nada acrescentam à sua vida e que não produzem resultados e ainda assim não ter tempo para fazer mais nada de útil.

Também de nada adianta aumentar o número de horas que você passa trabalhando para dar conta de mais e mais tarefas.

Adotar jornadas diárias de trabalho de 14, 15 horas só irá resultar em mais cansaço e, a longo prazo, uma queda na sua produtividade.

Sabe a sensação de ter passado o dia ocupado(a) e sem tempo e mesmo assim chegar ao final do expediente e sentir que não finalizou nada ou quase nenhuma das atividades que realmente precisava?

Quando isso acontece, você chega ao final do dia exausto(a) e extremamente estressado(a) e frustrado(a), não é mesmo?

De acordo com o estudo do British Medical Journal, o estresse no ambiente de trabalho pode ser reduzido se o correto gerenciamento de tempo for aplicado.

Ou seja, você pode organizar melhor seu tempo, trabalhar menos e assim conseguir uma folga na sua agenda seja para dar andamento a um projeto pessoal, fazer atividades físicas ou começar a reduzir a pilha de livros para ler.

VOCÊ CONHECE OS LIMITES DE SUAS CAPACIDADES?

gerenciamento-de-tempo-001

Nenhum planejamento eficiente começa sem a aquisição de conhecimento.

Mas quando falamos de gerenciamento de tempo, o seu objeto de estudo deve ser apenas um: você mesmo.

Afinal, como você espera organizar o seu próprio tempo se você sequer sabe como gasta as 24 horas do seu dia, quais são as suas maiores prioridades e para quê você precisa de mais horas livres?

Você já cronometrou quanto tempo demora para ler 10 páginas de um livro?

Quantos minutos precisa para escrever a resposta de um email?

Quantas horas de sono são necessárias para você acordar bem disposto(a)?

Depois de quanto tempo de concentração e foco absolutos, você começa a cansar e ficar mais distraído(a)?

Estas e muitos outras respostas sobre sua performance são essenciais para você começar a pensar em fazer seu gerenciamento de tempo.

Como você espera planejar seu dia se não sabe nem quanto tempo leva para completar uma tarefa?

Faça um simples exercício. Escolha um dia da sua semana (de preferência um dia de trabalho) e anote absolutamente tudo que você fizer desde o momento que seu alarme tocar pela manhã.

E não esqueça de anotar também quanto cada atividade consumiu do seu tempo.

Inclusive você vai descobrir quais são os maiores ladrões do seu tempo.

QUEM ESTÁ ATRAPALHANDO SEU GERENCIAMENTO DE TEMPO?

gerenciamento-de-tempo-002

Se você fez ou fizer o exercício que sugeri aqui em cima, vai ver que está cercado por todos os lados de grandes vilões da sua produtividade.

Cada um põe seus planos de gerenciamento de tempo por água abaixo de uma maneira diferente, em horários distintos e até por razões diferentes.

No entanto, algumas distrações são quase unânimes para a maioria das pessoas.

Portanto, vamos conhecer os maiores ladrões de tempo e o que fazer para não cair mais nessas armadilhas.

Alta conectividade e excesso de informações

gerenciamento-de-tempo-003

A evolução da internet como conhecemos hoje nos possibilitou realizar tarefas que consumiam uma boa dose de tempo, como pagar contas no banco, fazer compras e até fazer reuniões de trabalho.

Em alguns casos, basta um clique no seu aplicativo de celular e rapidamente seu problema está resolvido.

Em teoria sobra muito mais tempo para dedicar a atividades realmente relevantes.

Mas na prática, ficar praticamente 100% do dia conectado(a) pode acabar atrapalhando o gerenciamento de tempo.

Em 2004, a pesquisadora da Universidade da Califórnia, Gloria Mark, decidiu investigar quais os efeitos da tecnologia na vida das pessoas e no ambiente de trabalho.

O tempo em que essas pessoas ficavam concentradas em uma tarefa foi cronometrado, chegando a uma média de 3 minutos.

O mesmo estudo foi refeito em 2014, já com os smartphones bastante popularizados. E dessa vez a média de concentração caiu de 3 minutos para apenas 59 segundos!

Difícil manter a produtividade alta com tantas distrações na palma da mão.

Eu me distraio facilmente, até com um mosquito dentro do meu ambiente de trabalho.

Se o celular estiver ao meu lado então, pior ainda. Mas, por saber quais são as minhas maiores distrações, eu também sei o que tenho que fazer para não atrapalhar todo o meu gerenciamento de tempo.

Por isso, durante os períodos do dia em que estou trabalhando, o celular fica em outro cômodo da casa.

Além de tirar o celular de perto, mantenho o mínimo de janelas abertas no computador. Caso contrário, será muito fácil ficar pulando de uma aba para outra e chegar ao final do dia sem produzir quase nada.

Quanto menos opções você der para sua mente se distrair, mais focado você estará para completar suas tarefas mais importantes. E até mesmo sofrerá muito menos com um dos vilões da produtividade: o bloqueio criativo.

Redes Sociais

gerenciamento-de-tempo-004

Dar apenas aquela espiadinha no Facebook durante uma tarefa importante nem vai atrapalhar seus resultados, certo?

Pode até ser, mas muitas vezes, o que deveria tomar apenas 5 minutos, acaba consumindo quase meia hora do tempo que você reservou para uma tarefa importante.

Para não perder o prazo, fazer horas extras e acabar o dia completamente esgotado(a) é a escolha de muitas pessoas.

Mas não é a mais inteligente em termos de gerenciamento de tempo e muito menos contribui para uma melhor qualidade de vida no trabalho.

Claro que você não precisa se isolar do mundo e não dar uma espiada sequer nas suas redes sociais preferidas.

Ao invés disso, o que acha de quebrar sua tarefa em blocos de tempo? Vamos imaginar que após uma hora de total concentração, sua mente comece a se distrair.

Você pode estabelecer 1 hora de trabalho intercalada com 5 ou 10 minutos de descanso e usar estritamente este tempo para acessar o seu Facebook, Instagram ou Snapchat.

Se as redes sociais estão atrapalhando seu gerenciamento de tempo, esqueça as notificações em tempo real nos períodos em que estiver concentrado(a) no trabalho.

No meu caso, como trabalho o tempo todo conectado à internet, uso um navegador somente para as redes sociais e outro para trabalho.

Deixo o Google Chrome, para atividades profissionais e ainda utilizo um plugin chamado News Feed Eradicator for Facebook, que substitui seu feed de notícias por uma frase motivacional.

E para relaxar e ver as novidades, uso o Firefox. Desse jeito condiciono meu cérebro a entender qual é o momento de trabalho e qual o momento de relaxar um pouco.

Emails

gerenciamento-de-tempo-005

O maior pesadelo de algumas pessoas é a caixa de entrada sempre lotada e que parece só aumentar, já que ao responder um email, chegam outros três.

Isto também acontece com você?

Além disso, quantas vezes, no seu dia, você para para olhar seus emails?

O maior problema de olhar seus emails a todo momento não é só parar o que está fazendo, mas sim deixar para agir depois.

Você só quer saber quem está enviando mensagens, para quando tiver tempo, respondê-las ou apagá-las.

E possivelmente terá que ler tudo novamente para fazer isso. O que é caracterizado como retrabalho, certo?

Portanto, escolha uma hora do seu dia não só para olhar seus emails, mas também para fazer algo com eles.

Eu, particularmente recomendo fazer essa checagem no final do dia. Especialmente se você já tem suas atividades planejadas.

Ao fazer isso você consegue planejar seu dia seguinte para atender algumas demandas e faz o gerenciamento de tempo de acordo com a sua agenda e não com a de outras pessoas.

Reuniões sem propósito e falta de objetividade

gerenciamento-de-tempo-006

Reuniões são e sempre serão importantes para manter o bom relacionamento entre uma equipe de trabalho. Bem como para alinhar expectativas e metas de qualquer empresa.

Mas para não perderem seu propósito, precisam ser planejadas e objetivas.

Se algo que poderia ser resolvido em apenas 5 minutos, precisa de uma reunião de uma hora, algo está bastante errado.

Além disso, reuniões longas causam fadiga mental naqueles que participam.

Portanto, já que são necessárias, podem ser otimizadas com uma ata bastante objetiva, com tempo de duração estipulado e em horários onde a concentração das pessoas já é naturalmente menor, como antes do almoço ou próximo ao final do dia.

Não deixe de clicar aqui embaixo para fazer o download das 21 dicas para aumentar sua produtividade e gerenciar melhor seu tempo.

APRENDA A PRIORIZAR: A DIFERENÇA ENTRE URGENTE E IMPORTANTE.

gerenciamento-de-tempo-007

O gerenciamento de tempo exige conhecer a diferença entre aquilo que é importante e aquilo que é urgente” – Mackenzie

Analise seu papel de decisão diante de uma situação de escolha entre duas atividades, uma considerada importante e outra urgente.

Qual delas você faria primeiro?

Aposto que daria preferência à urgência, certo?

Por exemplo, você tem a importante missão de começar a praticar exercícios físicos todas as manhãs. O que não é considerada uma atividade urgente, apesar de sua grande importância para a manutenção de sua saúde.

No entanto, um projeto de última hora está obrigando você a acordar mais cedo,  pular a academia e ir direto para o trabalho.

Urgente mas não tão importante quanto sua saúde.

Temos a tendência de deixar que as tarefas urgentes dominem nosso tempo, nos tornando meramente reativos.

Se você já é uma pessoa que usa lista de tarefas para o dia, semana ou até mesmo mês, ótimo.

Mas você costuma atribuir graus de importância para cada um dos itens da sua lista? Se não, conhecer e usar a Matriz de gerenciamento de tempo pode te ajudar.

Matriz de gerenciamento de tempo

Stephen Covey, montou a Matriz de gerenciamento de tempo, que categoriza as atividades em 4 quadrantes:

  • Importantes
  • Urgentes
  • Importantes e urgentes
  • Nem urgentes e nem importantes

Ele afirma que atividades urgentes e importantes precisam ser feitas imediatamente.

Porém, tarefas menos importantes, mesmo que urgentes, não devem ser priorizadas.

Focar em atividades importantes faz com que você tenha mais controle no gerenciamento de tempo e reduz a possibilidade de tarefas que são importantes também virarem urgentes.

E não se engane achando que você preenche seu dia somente com atividades extremamente importantes.

Um estudo feito pelo Dr Donald Wetmore, do Instituto de Produtividade, constatou que apenas20% do dia de trabalho é gasto com atividades importantes, enquanto os 80% são destinados a afazeres que geram pouco ou nenhum valor.

Uma das maneiras mais fáceis de priorizar é fazer uma “lista de tarefas”, seja ela diária ou semanal.

Na Viver de Blog utilizamos o Trello como ferramenta para organização de tarefas.

Para cada uma das atividades, usamos uma etiqueta de cor diferente, que indica se aquela tarefa é urgente e importante, urgente, importante ou nenhuma das duas.

Assim conseguimos priorizar, aumentar a produtividade do time e não perder prazos de entrega.

Mas não esqueça que, além de priorizar tarefas, revisite sua lista de tempos em tempos para confirmar se realmente tudo que está escrito faz sentido ou se pode ser descartado.

Você vai ficar surpreso(a), quando começar a fazer o gerenciamento de tempo, com a quantidade de afazeres que na verdade nem precisavam ser feitos!

Também não deixe de reavaliar a prioridade que você atribuiu para cada tarefa. A tendência é que o caráter de urgência vá mudando ao longo do tempo.

DIVERSIFICAR TIPOS DE TAREFAS PARA UM MELHOR GERENCIAMENTO DE TEMPO

gerenciamento-de-tempo-008

Como vimos, organizar o seu dia e classificar tarefas por ordem de relevância, irá garantir que você faça aquilo que mais irá gerar valor na sua vida.

No entanto, nem de longe significa que só porque uma tarefa é importante e urgente, porém extremamente complexa, que você irá conseguir completá-la rapidamente e sem nenhum cansaço.

Muito pelo contrário.

Quanto mais tempo você dedica para uma atividade difícil, maior será seu cansaço mental. Mesmo que você tenha feito o gerenciamento de tempo perfeito para suas necessidades.

Mas se você planejar seu dia e até mesmo sua semana com antecedência e quebrar uma grande tarefa em vários pedaços, irá não só prevenir que você caia na armadilha da procrastinação, como também aproveite ao máximo o seu potencial.

O melhor jeito de manter seu rendimento alto ao longo do dia é intercalar tarefas de 3 tipos:

  • Repetitivas/operacionais: responder e apagar emails e agendar postagens nas redes sociais, por exemplo.
  • Criativas: definir novas estratégias e criar conteúdo.
  • Físicas: organizar a mesa de trabalho, fazer 10 minutos de alongamento, etc.

Organize seu dia ao redor de apenas uma tarefa importante.

E defina o momento do dia onde você se sente mais produtivo e reserve o período necessário e sem interrupções para se dedicar a ela.

Eu costumo dividir meu período de trabalho em sessões de 60 a 90 minutos, com pausas entre 10 e 15 minutos.

Como tenho um horário mais flexível por trabalhar na internet, se me sinto muito cansado após finalizar uma tarefa mais complexa e que exige da minha capacidade de criação, vou para a academia.

Geralmente volto com muito mais disposição, pois enquanto meu corpo trabalha, minha mente está descansando. E vice-versa.

Vale a pena encaixar o hábito de praticar exercícios físicos em sua rotina, se você quiser mais saúde e disposição para ser uma pessoa mais produtiva.

POR QUE VOCÊ PRECISA APRENDER A DELEGAR

gerenciamento-de-tempo-009

Principalmente aqueles que possuem uma personalidade controladora não suportam a ideia de delegar tarefas.

Mas acredite, existem outras pessoas que farão o trabalho tão bem ou até melhor que você porque estarão 100% focadas somente naquilo.

Você só precisa escolher, dentro do seu time, alguém com as habilidades perfeitas para a tarefa.

E claro, precisa saber quais são suas expectativas em relação ao projeto.

Delegar, no entanto, não significa que você não tenha que acompanhar o progresso da atividade. Mas apenas que você não terá que colocar a mão na massa e assim fazer um melhor gerenciamento de tempo para o restante de suas atividades.

Quem trabalha por conta própria e não tem ninguém para ajudar também pode delegar tarefas que tomam seu tempo e não estão relacionadas à sua habilidade única.

Para isso você pode contratar freelancers especializados ou empresas que prestam certos tipos de serviço.

Ao delegar responsabilidades e conseguir focar no que é realmente necessário, você sentirá sua ansiedade e seu estresse reduzindo pouco a pouco.

Não deixe de clicar aqui embaixo para fazer o download das 21 dicas para aumentar sua produtividade e gerenciar melhor seu tempo.

 

GERENCIAMENTO DE TEMPO X ESTRESSE E ANSIEDADE

gerenciamento-de-tempo-010

O autor do livro Getting Things Done, Dave Allen, afirma que é possível, com o correto gerenciamento de tempo, ser produtivo e manter o estresse sob controle.

A teoria de Dave Allen não é exatamente uma receita de bolo, mas sim uma diretriz a seguir, da maneira que for mais adequada para o seu caso.

Os 5 pilares que sustentam a metodologia para melhorar o gerenciamento de tempo são:

  1. Capture tudo que está na sua cabeça: seja as atividades que você precisa fazer no dia ou os itens da sua lista de compras na farmácia. Não existe uma maneira certa de fazer isso, pode ser em um caderno, no celular ou em um programa de computador. A ideia aqui é liberar espaço na sua cabeça.
  2. Detalhe melhor suas atividades: se você estiver planejando uma viagem, quebre a atividade em outras pequenas tarefas, como comprar passagens, reservar hotel e montar o roteiro, por exemplo. Se alguma dessas coisas puder ser feita imediatamente, faça. Se for necessário delegar, faça o quanto antes também.
  3. Organize sua lista de tarefas. Divida os itens da sua lista por categoria, defina datas de entrega e classifique de acordo com a prioridade.
  4. Analise sua lista. Veja quais ações você deve fazer em seguida e quais os passos definidos para a task. E não deixe de fazer essa análise de tempos em tempos, para conferir onde você está fazendo progresso e quais os ajustes necessários.
  5. Finalmente, vá para a prática. Uma lista organizada irá facilitar a parte mais difícil de qualquer projeto: seu começo.

O simples ato de fazer anotações e organizar tudo que precisa ser feito, torna qualquer tarefa mais fácil de ser executada.

Uma boa maneira de manter o estresse e a ansiedade sob controle é praticar a meditação diária. Se você ainda não conhece esse e outros benefícios da prática, leia este artigo.

E libera mais espaço na sua mente para algo bastante importante porém completamente desvalorizado: o ócio criativo.

IMPORTÂNCIA DO ÓCIO CRIATIVO NO GERENCIAMENTO DE TEMPO

gerenciamento-de-tempo-011

Perder tempo em aprender coisas que não interessam, priva-nos de descobrir coisas interessantes” – Carlos Drummond de Andrade

Você pode achar estranha a sugestão de reservar um tempo para não fazer nada, ainda mais hoje quando vivemos atarefados praticamente 100% do tempo, para assim conseguir ser mais produtivo e gerenciar melhor as 24 horas do nosso dia.

Mas antes de explicar porque reservar espaço na sua agenda para o ócio criativo, você precisa entender qual o conceito por trás desta proposta.

De acordo com Domenico de Masi, sociólogo e autor do livro “O Ócio Criativo”, significa fazer três coisas ao mesmo tempo:

  1. Trabalhar para gerar riqueza
  2. Estudar e adquirir novos conhecimentos
  3. E fazer isso tudo de maneira divertida e que gere bem-estar

Ou seja, navegar por horas nas redes sociais sem nenhum propósito de pesquisa ou passar o dia na frente da TV não pode ser considerado ócio criativo, já que não gera aprendizado nem riqueza.

No entanto, este não é um privilégio que pode ser experimentado por todos os tipos de profissionais.

Apenas aqueles que trabalham com o intelecto ou principalmente com criatividade podem usufruir melhor dos benefícios da prática.

Quem trabalha pela internet precisa manter a criatividade em alta. E ao contrário do que muitos imaginam, ser criativo não é dom, mas sim treino.

Mas para sair do lugar comum, você precisa manter sua mente aberta e descansada.

Quando você está com uma carga de trabalho excessiva, sua energia fica concentrada em apenas um assunto, impedindo seu cérebro de fazer novas conexões.

Para realizar mais conexões, você precisa diversificar, de vez em quando, seu foco de atenção e equilibrar momentos de trabalho e lazer, não só para manter a motivação elevada, mas também ter novos insights.

Portanto, sempre que possível, reserve um tempo para ler livros, assistir filmes e consumir conteúdo de qualidade. Você vai perceber a diferença na sua performance em pouco tempo.

CONCLUSÃO: NÃO DEIXE O TEMPO CONTROLAR SUA VIDA

gerenciamento-de-tempo-012

O tempo irá passar de qualquer jeito e na mesma velocidade para todos nós.

Se você tem algo que gostaria de realizar, não deixe para começar amanhã. Garanto que quando amanhã chegar você vai ter desejado ter começado ontem.

Para encaixar algo novo em sua rotina, mesmo que pareça impossível, faça o gerenciamento de tempo. Você irá descobrir que nada é impossível, mas sim uma pequena questão de organização.

Jogue fora aquilo que não serve mais para você e abra espaço para o novo, para fazer aquilo que realmente faz seu coração bater mais forte.

Quem mata o tempo não é assassino, mas sim um suicida”. – Millôr Fernandes

Você deseja aprender a produzir conteúdos memoráveis 2 vezes mais rápido e com 10 vezes mais poder de viralização e vendas, mesmo que você não tenha o dom da escrita? Conheça o curso de produção de conteúdo do Viver de Blog. Clique aqui embaixo e saiba mais!

Gostou então curta e compartilhe com seus amigos e familiares este artigo pode ajudar alguém.

Sem títuloJOE

Anúncios

LANDING PAGES: COMO AUMENTAR AS CONVERSÕES DO SEU SITE.

Landing Page é, em uma tradução literal, uma página de aterrissagem, ou página de destino.

Ela segue os princípios do Design Centrado no Usuário, em que existe apenas um foco para essa única página.

Uma landing Page é, portanto, uma página com um único objetivo, sendo o mais comum deles, a captura de email.

POR QUE UTILIZAR UMA LANDING PAGE?

Simples. Existem certos tipos de página que você só deseja que o usuário tome uma única decisão.

Você já parou para pensar porque as páginas de vendas de produtos não estão dentro de um blog, no formato de um artigo?

O motivo é, que o objetivo dessa página é o clique no botão de vendas, somente isso. Por isso, aslanding pages não possuem o menu de navegação tradicional e não possuem sidebar.

Aqui no Viver de Blog, embora ainda não exista uma página de vendas (sales page), utilizei diversas landing pages para o objetivo de capturar mais emails para a minha lista.

EXEMPLOS DE LANDING PAGES AQUI DO VIVER DE BLOG

No artigo recente sobre como explorar o máximo das redes sociais Facebook e Twitter, mostrei o caso do anúncio no Facebook Ads abaixo de R$ 0,01 por like.

O que não comentei ainda é o que ocorria quando o usuário clicava nesse anúncio.

Hoje, irei compartilhar com você a sequência de landing pages que ele via, caso fosse prosseguindo por esse “funil”, como chamam.

Passo #1 Fangate (Conversão de 70,11%)

fangate-fb-ads-a-laranja

Assim que o usuário clicava no meu anúncio do Facebook, ele “caía” nessa landing page.

Note que ela possui apenas um único objetivo: Incentivar o usuário a clicar no like (curtir).

Na imagem, a página do Viver de Blog no Facebook aparece como curtida porque estamos vendo essa página através do meu perfil no Facebook, já tendo curtido a página. Porém, para todo novo visitante que não havia curtido a fanpage, ele via essa landing page.

Essa página era extremamente efetiva para capturar likes, convertendo em 70,11% das vezs. Digo era, porque infelizmente o Facebook decidiu acabar com as fangates, alegando que dar conteúdo exclusivo em troca de “likes” seria um incentivo artificial (ou seja mais um motivo para não construir seu casa em terreno alugado).

Isso significava que, de cada 100 usuários que caíam nessa página, em torno de 70 clicaram no botão curtir, mesmo com todas as distrações naturais do Facebook.

Era praticamente impossível ignorar a grande seta laranja e para onde ela estava apontando (botão de curtir). Logo, esse era o principal motivo da conversão dessa landing page estar muito alta, em 70,11%.

Passo #2 Content (Conversão de 61,34%)

content-fb-a-imagem-moeda

Após o usuário clicar no “like” (curtir), ele cai nessa landing page.

Novamente, você consegue identificar exatamente o único objetivo dessa página: capturar emails.

A caixa de email envolvida pelo azul com o botão na mesma cor da seta anterior (laranja), chama bastante atenção e incentiva o usuário a colocar seu email e clicar no botão.

A imagem da moeda (repetida da página anterior) ajuda a manter o padrão desse fluxo de informação.

Essa landing page tem uma taxa de conversão de 61,34%, valor que considero alto para uma página de captura de email, já que normalmente observo o pessoal do nosso nicho comentar sobre ~20-30% de conversão nessas páginas.

Lembrando também que esse tráfego é do Facebook, sendo totalmente novo e de baixa qualidade.

Passo #3 Verificação (Conversão de 94,55%)

verificar-email

Essa é a landing page com a taxa de conversão mais alta, de 94,55%.

O motivo dessa efetividade é que ela possui um propósito extremamente claro e necessário para o usuário: verificar seu email.

Muita gente ignora essa parte, achando que o usuário que cadastrou o seu email irá lembrar de verificá-lo mais tarde.

Porém, sabemos bem como é uma caixa de email esses dias: lotada!

E você não quer dividir a atenção desse usuário que acabou de dizer “sim”…

Portanto, você precisa incentivá-lo a abrir seu email agora e verificá-lo.

Uma maneira eficiente que encontrei de fazer isso foi colocando os botões dos 3 principais provedores de email atuais em suas respectivas cores e dentro de uma caixa “quadriculada”, sendo impossível não notá-los.

Passo #4 Assinatura Confirmada (Conversão de 78,89%)

Nessa última página, que aparece assim que o usuário confirma seu email, ele é incentivado a compartilhar a página sobre do Viver de Blog nas redes sociais (Facebook ou Twitter) ou a acompanhar o Viver de Blog nas redes sociais.

Ok. Não há um objetivo único nessa página, mas como esse usuário já me disse vários “sim”, acredito que também posso incentivá-lo mais de uma vez a realizar uma ação.

A conversão (qualquer clique em um desses links) dessa página é de 78,89%, o que ajuda o Viver de Blog a ter uma maior presença nas redes sociais.

Ah, e se você ainda não cadastrou seu email aqui no site e deseja ver como funciona uma parte desse passo-a-passo, coloque seu email no campo abaixo e clique no botão.

FIQUE ATUALIZADO!

Insira aqui o seu email para receber gratuitamente as atualizações do blog!

TESTES A/B PARA OTIMIZAR LANDING PAGES

Nesse ponto do artigo, é bem provável que você já esteja ciente da importância de landing pagese algumas ideias para utilizá-las.

Agora, nessa seção, vou mostrar um importante passo para você otimizar suas landing pages.

Testes A/B com landing pages nada mais são do que dividir o tráfego em duas partes iguais, buscando mostrar ao usuário uma página A OU uma página B.

A página A seria a página original, que você colocaria para realizar o seu objetivo principal, seja ganhar likes, capturar emails ou vender.

A página B seria uma variação da página A, com algumas modificações que você gostaria de testar.

Veja, por exemplo, como realizei testes A/B em duas páginas na sequência de landing pages que mostrei acima.

Fangate A (Conversão de 62,84%)

fangate-fb-ads-b-azul

A ideia dessa página original era usar na seta a cor azul (tradicional para ações aqui no Viver de Blog) para conseguir mais likes.

Apesar da conversão ser alta, de 62,84%, eu não me dei por satisfeito e resolvi testar uma nova variação.

Dessa vez, mudando um pouco do texto em cinza e a cor da seta apontando para o like. Esta última, sendo a principal mudança.

Fangate B (Conversão de 70,11%)

fangate-fb-ads-a-laranja

Essa página, como mostrei no início do artigo, teve uma conversão de 70,11%!

Logo, testando praticamente apenas a cor da seta para incentivar mais likes, a página variante (B) resultou em um aumento de 11,57% nas conversões.

Pode não parecer muito, mas foi a diferença entre conseguir 115 pessoas a mais para a próxima página, considerando 1.000 visitantes dessa página.

Content A (Conversão de 54,81%)

content-fb-b-sem-imagem-1-2-3

Nessa página original, procurei utilizar o “famoso” 1-2-3 para mostrar os benefícios do usuário se cadastrar no campo à direita.

Além disso, o depoimento mais achatado procurava diminuir o espaço da página, colocando a imagem do Rafael (Quero Ficar Rico) à esquerda.

A conversão dessa página original foi de 54,81%

Content B (Conversão de 61,34%)

content-fb-a-imagem-moeda

Nessa variação, substitui os 3 benefícios pela simples imagem da moeda.

Também centralizei a imagem do Rafael e a deixei mais “viva” (com cor), ocupando maior espaço da página.

Essa variação (B) teve uma conversão de 61,34%, o que significa um aumento de 11,91%.

Novamente, considerando um universo de 1.000 visitantes, a diferença seria de 119 emails colocados.

Acredite, nesses exemplos estou compartilhando apenas páginas que já estavam “bem otimizadas”, mas no início foi possível literalmente conseguir aumentar as conversões de algumaslanding pages em 100% e até mesmo 200%. (atualmente, são mais de 30 landing pages rodando nos meus sites)

5 LIÇÕES APRENDIDAS OTIMIZANDO LANDING PAGES

Futuramente, escreverei um artigo somente com dicas para você otimizar suas landing pages, mas, por enquanto, compartilho 5 dicas valiosas para você otimizá-las rapidamente.

1. Mantenha o Fluxo de Informação

Você percebeu o padrão das informações desde o anúncio no Facebook até a página de captura de email?

  • A imagem da moeda estava presente em todas essas 3 páginas.
  • O textoDemita o seu chefe e aprenda a ganhar dinheiro online para Viver de Blog” também foi mantido em todas as páginas
  • A cor laranja ressaltava uma ação, que era o objetivo da landing page. Na “fangate“, a seta apontando para o like (curtir). Na “content“, o botão de captura do email.

2. Utilize (de forma moderada) setas para indicar o caminho para uma ação

A seta laranja apontando para o like (curtir) e a seta azul apontando para a caixa de email são difíceis de serem ignoradas.

A mente humana responde de modo inconsciente a qualquer objeto ou pessoa apontando para outro local. Nossos olhos tendem a seguir essa direção, sendo possível aumentar a conversão do que se deseja mostrar.

Entretanto, use moderadamente setas para guiar seu usuário a realizar uma ação. Muitas setas podem confundi-lo sobre qual caminho tomar.

3. Procure não utilizar links externos na Landing Page

Cada link que foge do objetivo principal é uma chance do usuário sair da Landing Page e ir para outro local, podendo nunca mais voltar.

Portanto, coloque, no máximo, um link adicional para o usuário voltar a página principal.

Se precisar detalhar algo em sua landing page com um link, é recomendável que utilize umalightbox para abrir uma caixa de informação sem fazer com que o usuário saia da página.

Só utilize um link externo, que forçará o usuário a sair de sua landing page, se ele for muito, mas muito importante para você.

4. Use Depoimentos para reforçar sua Landing Page

Faça bom uso de depoimentos perto da área de captura de email. Social proof é um conceito importante, pois transmite a sua autoridade no assunto e deixa o usuário mais tranquilo para realizar o objetivo desejado.

5. Utilize um Título que Prenda a Atenção do Usuário

Não adianta ter apenas uma design centrado no usuário para ele realizar um objetivo que você deseja.

Você precisa transparecer alguma forma de valor para esse usuário.

Ele acabou de chegar à sua landing page e se você não disser para ele em 8 segundos o que ele veio fazer ali, um abraço…

Portanto, pense em um título que ao mesmo tempo prenda a atenção desse usuário e mostre para ele o que ele pode esperar dessa página.

No caso das langing pages do Viver de Blog, foi possível prender a atenção através do “demita seu chefe“. Afinal, chefes são vistos como pequenos vilões e você fazer o papel dele, de demiti-lo, é algo diferente e que muitos tem vontade (inconsciente) de fazer.

O valor das landing pages é repassado através do “aprenda a ganhar dinheiro online para Viver de Blog“. Novamente, quem não gostaria? 🙂

CONCLUSÃO – RECAPITULANDO

landing-pages

Todo site deseja que seus usuários tomem algum tipo de ação.

Muitas vezes, ações que requerem mais atenção como compartilhar um conteúdo nas redes sociais, cadastrar email ou fazer uma venda, necessitam de landing pages bem elaboradas para converter.

As landing pages são responsáveis por tirar toda a distração e incentivar o usuário a tomar a ação que você deseja.

E ai gostou? Não guarde essa informação só pra você compartilhe  com seus amigos e familiares essa informação pode ajudar alguém.

Sem títuloJOE

Fontes:Viver de blog, Rafael Seabra.